Dicas para conseguir pensar fora da caixa

Dicas para conseguir pensar fora da caixa

Quando esta expressão é usada, geralmente está se referindo à habilidade de pensar em soluções criativas, fora do padrão, para qualquer que seja o problema apresentado.

 

Então é comum acreditar que pensar fora da caixa seja um traço nato de algumas pessoas que nasceram criativas. Mas muito se engana quem pensa assim. Assim como qualquer outra habilidade, pensar fora da caixa pode ser algo a ser trabalhado. Basta seguir estas 8 dicas!

 

Consuma tudo que puder

Não, não estamos falando sobre o consumo de drogas ilícitas. Estamos falando sobre o consumo de conteúdo, seja na forma de livros, jornais, filmes, peças de teatro, música, etc.

 

São essas pequenas coisas que disparam partes de nosso cérebro que não seriam ativadas de outra forma, e de maneiras diversas. O cérebro é extremamente complexo, então sua melhor opção é usá-lo de diversas formas e ver o que acontece.

 

Esteja sempre informado

Não deixe de acompanhar tudo o que puder. Ao entender qual o cenário atual, a partir de vários ângulos, sua mente pode fazer conexões que antes seriam impossíveis pela falta de uma informação-chave.

 

Justine Musk, a ex-mulher de Elon Musk, o bilionário que é considerado um dos maiores gênios da atualidade, explica isso dizendo que as grandes ideias acontecem quando você une dois mundos de uma forma inesperada.

 

Faça brainstorms frequentes

Também não adianta só ficar sentado na frente de televisão esperando aquela grande ideia chegar. Sente na sua cadeira com um objetivo claro: ter ideias. Isso se chama Brainstorm.

 

Não desista se no início, sua mente der um branco. Em algum momento as coisas começarão a fluir. Também não ignore as ideias que parecem impossíveis. Na maioria das vezes, elas não são impossíveis, você apenas não está conseguindo ver as soluções para realizá-la. Se sua ideia for sobre negócios, você tem algumas maneiras de conferir se ela é boa ou não.

 

Mude de ares

Um dos maiores assassinos da criatividade é a rotina. Estar sempre no mesmo ambiente, fazendo as mesmas coisas, coloca teu cérebro em um estado muito mecânico, sem espaço para novos pensamentos.

 

O primeiro passo para fugir disso é mudar de ambiente, longe de sua rotina e problemas do dia a dia. Dê uma volta no parque, na hora de fazer compras, vá para um mercado que você geralmente não frequenta, ou simplesmente tome um banho! Sim, o banho tem a estranha propriedade de gerar ideias inovadoras na maioria das pessoas.

 

Anatomize o problema

Caso você esteja tentando pensar fora da caixa sobre um problema específico, coloque-o no papel. Você pode até achar que entende exatamente qual é o problema, mas colocando no papel, você poderá o dividir em várias partes, entendendo o que aquele problema realmente significa.

 

Assim, você poderá buscar soluções para o problema na forma de passos incrementais, ou simplesmente a partir de ângulos diferente. Vire o problema de cabeça para baixo! Seu cérebro precisa olhar para ele de diversas formas para conseguir bolar soluções alternativas.

 

Elimine a negatividade de sua vida

Sabemos cientificamente há um bom tempo que quando a pessoa está passando por um momento negativo, seu cérebro funciona de forma diferente, em estado abaixo do normal, sendo o maior bloqueio possível para quem quer pensar fora da caixa. Ter pensamentos negativos inclusive cria um ciclo vicioso em seu cérebro, o transformando fisicamente, e tornando cada vez mais difícil fugir disso.

 

Tente pensar no lado positivo das coisas e eliminar de sua vida o que lhe coloca para baixo. Uma mente saudável é fonte para ideias criativas. Também não seja negativo sobre suas ideias! Não desanime se algo parece muito difícil. Ao contrário, tenha orgulho de ter pensado em algo e aprecie os desafios.

 

Pensar fora da caixa também vem da prática

Basta andar na rua, entrar em lojas e bares, ouvir o rádio ou navegar em redes sociais para imediatamente ouvir alguém falando sobre os diversos problemas do Brasil, de suas vidas ou qualquer outra coisa.

 

Mas o problema real é que essas pessoas só reclamam sem realmente pensar sobre o problema uma possível solução. Ou no máximo, fazem como papagaios e só repetem aquelas mesmas soluções que estamos cansados de ouvir.

 

Faça diferente, pense diferente e bole soluções diferentes para tudo. Pode ser sobre coisas pequenas, por exemplo: como as prateleiras deste mercado poderiam estar organizadas de forma que os produtos poderiam ser encontrados mais facilmente?

 

Anote tudo!

Não adianta nada ser a pessoa que mais pensa fora da caixa do mundo e uma máquina de ideias se você não as anota. A nossa memória é um recurso muito falho, não dependa dela, você pode se arrepender amargamente quando não conseguir lembrar daquela ideia genial que teve antes de dormir!

 

Outro benefício de anotar suas ideias é que dessa forma, você pode tranquilizar sua mente. Se um pensamento estiver somente no seu cérebro, sua mente não vai conseguir deixar ela de lado totalmente, buscando sempre maneiras de melhorá-la ou simplesmente não esquecê-la.

 

Anotar é uma ótima prática para quem tem a mente muito ativa. Não conseguir focar no que é necessário no momento é tão ruim quanto simplesmente não conseguir ter novas ideias.

 

Fonte: http://emalta.com.br


Web Designer, formado em processamento de dados.

Postagens recomendadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *